Tensão gerada por retirada de médicos do Brasil já foi superada, garantem cubanos

A retirada dos médicos cubanos do Brasil no início do governo do presidente Jair Bolsonaro já é página virada pelos dois governos. “Cerca de 190 países condenam o bloqueio e nem todos estão afinados ideologicamente com Cuba”, disse o encarregado de Negócios de Cuba, embaixador Rolando Gómez, em entrevista exclusiva a Bacuri Brasil.

O presidente eleito Jair Bolsonaro fala à imprensa durante o evento Grand Slam de Jiu-Jitsu na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Na época, Bolsonaro disse que os cubanos exerciam trabalho análogo à escravidão. Foto: Agência Brasil.

“As diferenças existem, mas queremos preservar as relações de amizade com o Brasil. Não existe natureza política ou ideológica quando há carinho, amizade, mútua simpatia, afeto. Pensamos que podemos e desejamos continuar desenvolvendo vínculos”, disse o embaixador Rolando Gómez.

O embaixador Gómez concede entrevista a Bacuri Brasil. Foto: Ivan Godoy.

Gómez explicou que o governo cubano se viu obrigado a retirar os médicos do Brasil “com o impacto negativo gerado pelo desrespeito aos profissionais que estavam sendo chamados de escravos”. Ele lembrou a nobreza do trabalho que era realizado pelos médicos cubanos. “O trabalho até hoje não foi restabelecido “, disse O diplomata. Cuba hoje envia médicos para 69 países.

As cubanas Leibes Reis e Isabela Sarmento que atuavam no programa Mais Médicos no Distrito Federal e Entorno, embarcam no Aeroporto Internacional de Brasília rumo a Havana. Foto: Agência Brasil.

Segundo explicou o diplomata, os médicos vieram ao Brasil após assinar contrato que previa o recebimento de 1/3 dos salários pagos, 2/3 são utilizados por Cuba na manutenção dos serviços médicos gratuitos oferecidos à população. “A saúde médica cubana é custosa e assim garantimos o atendimento dos próprios médicos e seus familiares”, afirmou Gómez.

Médicos cubanos que atuavam no programa Mais Médicos embarcam no Aeroporto Internacional de Brasília rumo a Havana. Foto: Agência Brasil.

O Brasil iniciou as negociações para estabelecer relações diplomáticas com Cuba ainda no final do Regime Militar. As relações bilaterais foram estabelecidas em 1986, com o presidente José Sarney (1985-1990). Também mantiveram relações diplomáticas com os cubanos os governos de Fernando Collor (1990-1992), Itamar Franco (1992-1995) e Fernando Henrique Cardoso (1995-2003), que chegou a visitar Cuba.

O ex-presidente Fernando Collor. Foto: Agência Brasil.

Presidente de Cuba à época, Fidel Castro veio ao Brasil para a posse de Collor, inclusive logo após sofrer o “impeachment”, o presidente brasileiro foi descansar nas praias cubanas. Raul Castro também já veio ao Brasil.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

60 thoughts on “Tensão gerada por retirada de médicos do Brasil já foi superada, garantem cubanos

  1. I’m often to running a blog and i really admire your content. The article has actually peaks my interest. I’m going to bookmark your site and preserve checking for brand new information.

  2. Hi! This is kind of off topic but I need some help from an established blog.

    Is it very difficult to set up your own blog? I’m not very techincal but
    I can figure things out pretty quick. I’m thinking about setting up my own but I’m not sure where to begin.
    Do you have any ideas or suggestions? With thanks

  3. This design is incredible! You definitely know how to keep
    a reader entertained. Between your wit and your videos, I was almost moved to start my own blog (well, almost…HaHa!) Great job.
    I really loved what you had to say, and more than that, how you presented it.
    Too cool!

  4. Знаете ли вы?
    В роскошном болонском фонтане горожане стирали бельё и справляли нужду.
    Акадийка много раз становилась первой.
    Перечень имён может быть самостоятельным поэтическим жанром.
    Копенгагенский собор пришлось выстроить заново после визита англичан в 1807 году.
    Издательство «Шиповник» было задумано для публикации сатиры, однако вместо неё печатало Лагерлёф, Бунина и Джерома Джерома.

    http://0pb8hx.com

  5. Pingback: buy albuterol
  6. Pingback: viagra 100mg
  7. What’s Taking place i am new to this, I stumbled upon this I’ve found It positively useful and it has aided me out loads. I’m hoping to contribute & aid other customers like its helped me. Good job.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.