Senado derruba decreto que flexibiliza porte de armas

O Senado derrubou por 47 votos a 28 o decreto que flexibiliza as regras para o porte de armas no Brasil.

Foto: EBC

A Câmara dos Deputados ainda poderá reverter a decisão, mas parece que também irá rejeitar.

O governo estuda um “plano B”, que seria modificar o decreto retirando os pontos mais criticados.

O decreto do presidente Jair Bolsonaro tenta alterar o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003).

Foto: EBC

Assinado em maio por Bolsonaro, o decreto concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo pode comprar anualmente.

Medidas que facilitam o acesso a armas e munição faziam parte das promessas de campanha de Bolsonaro.



Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.