Nossa Clarice Lispector nasceu na Ucrânia

Ela nasceu em Chechelnyk, na região da Podólia, e publicou 17 livros durante sua vida no Brasil, muitos deles repletos de reflexões admiráveis sobre uma infinidade de coisas que sentimos. Autora de romances, contos e ensaios é considerada a maior escritora judia desde Franz Kafka.

A escritora, que foi uma das mais influentes da literatura brasileira e do modernismo.

Foi uma de nossas mais influentes escritoras do século XX. Digo nossa porque ela se dizia pernambucana, nasceu na Ucrânia. Haia Pinkhasovna Lispector recebeu o nome de Clarice Lispector ao se mudar para o Brasil, mas havia nascido na aldeia de Chechelnyk, região da Podólia.

Ruínas da sinagoga de Chechelnyk, que fica na aldeia onde Clarice Lispector nasceu.


Naturalizada brasileira, ela se dizia pernambucana porque viveu sua infância em Recife. Existencialista, Lispector escrevia como se buscasse profundidade em tudo.

A carteira de jornalista da escritora que também trabalhou como tradutora.

Lançou seu primeiro livro aos 19 anos. Perto do Coração Selvagem foi ilustrado por Henri Matisse quando lançado na França. Ela foi casada com um diplomata e trabalhou também como jornalista e tradutora. Adaptou obras de Ágatha Christie, Oscar Wilde e Edgar Allan Põe.

The Complete Stories, coletânea de contos de Lispector foi eleita, pelo jornal The New York Times, como um dos 100 melhores livros de 2015 nos Estados Unidos.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.