Kuaite defende respeito à soberania dos Estados.

O embaixador do Kuaite, Nasser Riden Almotairi, ressaltou, em Brasília, a importância da política externa equilibrada, baseada no respeito aos princípios e convenções das Nações Unidas. “Não na ingerência nos assuntos internos dos Estados, além do respeito aos países vizinhos”, afirmou o embaixador.

O embaixador Nasser Riden Almotairi (centro) durante jantar com autoridades, em Brasília. O ex-presidente Fernando Collor (à esquerda). Foto: Claudia Godoy

Foi durante jantar em comemoração à independência do país e retirada das tropas do Iraque, após a invasão em 1990, que resultou na Guerra do Golfo.

Rei Orababazes II, que reinou de 150/151 a 165 AD.

O Kuaite surgiu na Idade Antiga, como Caracena, nas proximidades do rio Tigre. Serviu como porto para o comércio entre a Mesopotâmia e a Índia. Moedas e esculturas antigas são fonte de informação desse reino. Já esteve sob o domínio otomano e depois da Primeira Guerra Mundial ficou sob a proteção do Império Britânico. Na década de 30, grandes campos de petróleo foram descobertos lá. Hoje, o Kuaite tem a quinta maior reserva de petróleo do mundo.

Após a independência do Reino Unido, em 1961, a indústria do petróleo do país do Golfo Pérsico registrou crescimento econômico sem precedentes. Nesta semana, o Kuaite comemora a independência e a retirada das tropas do Iraque do país, em 1990. Saddam Hussein saiu derrotado deixando os campos de petróleo em chamas naquele ano.

O embaixador kuaitiano acompanhado da assessora de imprensa, Fabiana Ceihan, e de jornalistas.

Almotairi disse que vê o Brasil com enorme potencial econômico. “Existe desejo sério em promover a cooperação econômica e comercial e aumentar investimentos kuaitianos diretos no Brasil “, afirmou o embaixador. Ele reafirmou a intenção de elevar as relações bilaterais entre os dois países.

Culinária kuaitiana, como os doces, servidos durante o jantar comemorativo. Foto: Claudia Godoy.

O Kuaite tem relações diplomáticas com o Brasil há 50 anos. “Que se caracterizam pelo respeito às resoluções da ONU e implementação das recomendações”, ressalta Almotairi.

A sofisticada arquitetura do Golfo.

O Fundo Kuaitiano para o Desenvolvimento Econômico Árabe beneficia mais de cem países e pretende investir também no Brasil, segundo disse o embaixador.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

1 thought on “Kuaite defende respeito à soberania dos Estados.

  1. An impressive share, I just given this onto a colleague who was doing a little analysis on this. And he in fact bought me breakfast because I found it for him.. smile. So let me reword that: Thnx for the treat! But yeah Thnkx for spending the time to discuss this, I feel strongly about it and love reading more on this topic. If possible, as you become expertise, would you mind updating your blog with more details? It is highly helpful for me. Big thumb up for this blog post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.