Governo brasileiro monitora importações de leite em pó

O governo brasileiro está fazendo monitoramento diário das importações de leite em pó no país. As compras do produto em 2017 foram de apenas 2,5% do total e a UE, União Europeia, responde por apenas 0,01% do total.

A equipe econômica do governo estaria avaliando usar as alíquotas de importação do leite para retaliar a UE em função das barreiras impostas pelos europeus ao aço brasileiro.

Apenas se detectar aumento repentino nas compras externas do leite em pó o governo deverá voltar a aplicar salvaguardas ao produto. As tarifas de importação e antiduping ao leite em pó eram aplicadas desde 2001 e foram retiradas na semana passada.

A retirada das salvaguardas às importações do leite em pó, há cerca de dez dias, vem gerando protesto dos produtores brasileiros. Desde 2001, o produto proveniente da UE pagava tarifa de 42,8% – de 28% mais os 14,8% do dumping. Já a Nova Zelândia pagava 28% mais 3,9%, do antiduping.

Na última sexta-feira, 15, o juiz Rolando Valcir Spanholo, da 21ª Vara Federal Cível do DF, pediu explicações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) sobre a retirada da tarifa antidumping.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

1 thought on “Governo brasileiro monitora importações de leite em pó

  1. I am no longer sure where you are getting your information, but great topic. I needs to spend some time finding out much more or figuring out more. Thanks for fantastic information I used to be looking for this info for my mission.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.