Governo sofre derrota e Reforma da Previdência é reprovada no primeiro teste.

A discussão da Reforma da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), da Câmara dos Deputados, prevista para esta segunda-feira (15), foi adiada. A decisão deixou o governo frustrado. A ideia é aprovar a reforma ainda no primeiro semestre.

A CCJ, da Câmara dos Deputados. Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados.

O chamado “Centrão” e a oposição votaram a favor da inversão da pauta dos temas previstos para hoje e colocaram a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do Orçamento na frente. O chamado Centrão, formado por PP, PR e DEM , aprovou requerimento do PT para inverter a pauta. Até o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, votou junto com eles.

A PEC do Orçamento obriga o governo a executar todos os investimentos previstos no Orçamento. A proposta já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, mas como os senadores modificaram o texto, o projeto voltou para nova análise dos deputados.


Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.