Embaixadora Tcheca aposta em incremento no comércio com expectativa de crescimento brasileiro

A expectativa de crescimento de 2,4% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, para este ano, vem gerando a expectativa de incremento do comércio com países que precisam diversificar suas vendas. É o caso da República Tcheca, um dos grandes produtores mundiais de cerveja, automóveis, aviões e dos famosos cristais tchecos, uma tradição do século XVII.

Embaixadora da República Tcheca, Sandra Linkensederova, na sede da representação diplomática, em Brasília.

A República Tcheca é um país localizado no centro da Europa com economia bastante desenvolvida, mas que depende em excesso das vendas para a União Europeia. Cerca de 85% de todas as exportações tchecas são para os países do bloco, em especial para a Alemanha, o principal parceiro comercial. Portanto, se a Alemanha, for mal a economia tcheca também ficará mal.

“Entramos para a União Europeia em 2004 e ganhamos muito porque permititmos o livre trânsito de pessoas, produtos e subvenções. Mas tivemos que cumprir critérios com inúmeros desafios. Demoramos para abrir o mercado de trabalho”, disse a embaixadora.

Linkensederova acaba de chegar ao Brasil e está animada com a previsão de crecimento do PIB brasileiro de 2,4% para este ano.

Além de incrementar o comércio com o Brasil, os tchecos pretendem ainda investir em tecnologia de ponta, indústria automobilítica, defesa e seguraça e pesquisa. Eles são grandes produtores de laticínios, proteína concentrada, carne suína e de frango, cerveja, aviação, automóveis, além dos famosos cristais.

A embaixadora da República Tcheca, Sandra Linkensederova, acredita que as relações comerciais com o Brasil serão incrementadas. “O novo governo declarou a intenção de abrir o mercado, privatizar e estreitar os laços com novas economias”, disse Linkensederova.

A embaixadora destaca a importância de seu país no cenário mundial por ser considerado um dos mais seguros do mundo para se viver. O turismo é forte e a indústria responde por cerca de 38% do PIB.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.