Embaixador uruguaio: acordo Mercosul/UE é grande oportunidade de negócios

O acordo Mercosul/União Europeia é visto pelo embaixador do Uruguai, Gustavo Vanerio, como uma oportunidade e não necessariamente como a garantia de comércio. “Temos que aproveitar as oportunidades”, disse em entrevista exclusiva para Bacuri Brasil. Segundo o diplomata, o acordo é o maior do Planeta e para a Europa também chega num momento importante.

Vanerio: “acordo é oportunidade”. Foto: Claudia Godoy.

Os países que formam o Mercosul e a UE representam, somados, PIB (Produto Interno Bruto) de cerca de US$ 20 trilhões, aproximadamente 25% da economia mundial, e mercado de aproximadamente 780 milhões de pessoas.

O embaixador do Uruguai, na sede da representação diplomática, em Brasília. Foto: Claudia Godoy.

O acordo constituirá uma das maiores áreas de livre comércio do mundo. A UE é o segundo parceiro comercial do Mercosul, que é o 8º principal parceiro extrarregional da UE. A corrente de comércio birregional foi de mais de US$ 90 bilhões em 2018. O Brasil exportou mais de US$ 42 bilhões para a UE, aproximadamente 18% do total exportado pelo país. A UE figura como o maior investidor estrangeiro no Mercosul.

Vanerio destacou durante entrevista que comércio entre os blocos possui exigências. Foto: Claudia Godoy.

Vanerio também destaca que o comércio entre os dois blocos possui exigências que terão de ser cumpridas, “mas estamos preparados, não é problema. Para Vanerio, novos parceiros comerciais irão surgir rapidamente com a implementação do livre comércio entre os membros do Mercosul e da União Europeia.

O embaixador do Uruguai diz que o Brasil é um parceiro natural e lembra o histórico laço de amizade entre as duas nações. Vanerio lembra que o comércio entre os dois países está avançando e tem grande participação do setor de serviços. Ele ressalta o caviar, os vinhos, o queijo e as carnes uruguaias como produtos que merecem ser lembrados pela qualidade.

O embaixador uruguaio indica Punta de Leste e Cabo Polônio para os brasileiros que queiram visitar o Uruguai.

Cabo Polônio tem próximo a sua costa três pequenas ilhas que servem de morada para lobos-marinhos: La Rosa, La Encantada e el Islote. O nome da cidade vem de um galeão espanhol que naufragou na região em 1735.

Cabo Polônio, no Uruguai, é una reserva de lobos marinhos. Foto: divulgação.

Punta de Leste é uma cidade que foi considerada o balneário mais luxuoso da América do Sul pela revista Forbes em 2008, superando Cartagena das Índias, na Colômbia, Armação dos Búzios e Balneário Camboriú, no Brasil

Punta de Leste, no Uruguai. Foto: Divulgação.

ruguai é um dos principais parceiros do Brasil na América do Sul. Os vínculos históricos, políticos e humanos entre os dois países permitem elevado grau de confiança mútua, que permeia todos os aspectos da relação bilateral. A cooperação entre os dois países é abrangente, perpassando os campos político, econômico, tecnológico, cultural e social.

A crescente integração econômica tem beneficiado a economia e a indústria dos dois países. Entre 2008 e 2018, a corrente de comércio bilateral elevou-se de US$ 2,6 bilhões para cerca de US$ 4 bilhões. Apenas no ano de 2018, o comércio bilateral cresceu 13,5%, com aumento das exportações (US$ 3 bilhões; +28,1%) e queda das importações brasileiras (US$ 1,2 bilhão; -12,4%), resultando em aumento do superávit brasileiro (US$ 1,8 bilhão; +80,5%). Destaca-se, ainda, a importância dos investimentos brasileiros no Uruguai, particularmente em setores agroexportadores.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.