Decreto deve facilitar a vida dos CACs e flexibilizar importações de armas no país

Ainda não se sabe os detalhes da medida, mas já é certo que amanhã (07) o presidente Jair Bolsonaro assina o decreto que deverá facilitar a vida de caçadores, atiradores esportivos e colecionadores de armas (CACs). Além disso, segundo informações do filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro, o decreto deverá quebrar o monopólio e flexibilizar a importação de armas no país.

O número de novos registros do tipo CAC só vem crescendo. Atingiu impressionantes 879% nos últimos cinco anos, segundo levantamento do Instituto Sou da Paz.

O número de novas licenças saltou de 8.988 em 2014 para 87.989 em 2018. Em janeiro deste ano, Bolsonaro assinou decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil.

Para o deputado Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, o decreto possui matéria prioritária e emergencial, mas encontra resistência no Ministério da Defesa. Bolsonaro critica o monopólio da fabricante de armas Taurus no país e diz que é preciso melhorar a qualidade dos armamentos vendidos por aqui.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

4 thoughts on “Decreto deve facilitar a vida dos CACs e flexibilizar importações de armas no país

  1. Hello. I have checked your bacuribrasil.com.br and i see you’ve
    got some duplicate content so probably it is the reason that you don’t rank hi in google.
    But you can fix this issue fast. There is a tool that generates
    articles like human, just search in google: miftolo’s tools

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.