China vai testar medicamento cubano no tratamento do coronavírus

A China selecionou um medicamento antiviral cubano para ser utilizado no tratamento do coronavírus. A informação é da Presidência de Cuba, no TWITTER.

O governo chinês selecionou o Interferón alfa 2B (IFN rec) antiviral produzido pela indústria biotecnológica de Cuba. Segundo o embaixador de Cuba na China, Carlos Miguel Pereira, o medicamento começou a ser produzido no último dia 25.

A China anunciou no final de 2019 ter identificado uma nova cepa do coronavírus, na cidade de Wuhan.  A doença pode ser transmitida de pessoa para pessoa e pode ser contagiosa antes mesmo dos primeiros sintomas, ainda na fase de incubação, que dura cerca de 14 dias.

No último dia 30, a OMS, a Organização Mundial de Saúde, decretou emergência internacional.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.