Chineses confirmam que querem comprar carne brasileira por causa da peste suína africana

A peste suína africana está obrigando o governo chinês a comprar carne de outros países em função do receio que a população tem de consumir o produto local. Especialistas calculam que o governo chinês terá de abater até 200 milhões de porcos por conta do vírus. Em visita à China, Tereza Cristina, a ministra da Agricultura, se reuniu hoje (14) com executivos do Rabobank, que avaliam as consequências da doença no consumo interno chinês.

Tereza Cristina inaugura pavilhão brasileiro na Sial China. Foto: Twitter.

O consumo de carne de porco chinês caiu e só deverá retomar o nível anterior ao aparecimento da peste suína em cinco anos, segundo as informações do Rabobank. “Portanto, há muitas oportunidades para os exportadores brasileiros,” disse a ministra pelo Twitter. Ainda de acordo com Tereza Cristina, “há espaço para exportarmos todos os tipos de carnes”.

Nesta terça-feira, Tereza Cristina visitou a Sial China, considerada uma das maiores feiras de alimentação e agricultura da Ásia. O Brasil participa da feira com um pavilhão que foi inaugurado pela ministra.

No ano passado, o abate de suínos e o de bovinos fechou com com crescimento de 3,4%. Já o abate de frangos teve queda de 2,5%, a segunda redução consecutiva do indicador.

Porquinhos nos criadouros brasileiros. Foto: EBC.

Outro segmento agropecuário com recorde em 2018 foi a produção de ovos, que fechou o ano com 3,6 bilhões de dúzias, um aumento de 8,6% em relação a 2017.


Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

1 thought on “Chineses confirmam que querem comprar carne brasileira por causa da peste suína africana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.