Cazaquistão recebeu US$ 300 bilhões em investimentos após independência

Com uma localização privilegiada entre a Europa e a Ásia, o Cazaquistão atraiu cerca de US$ 300 bilhões em investimentos desde que ficou independente.

A modernidade do Cazaquistão impressiona como nesta ponte. Foto: embaixada do Cazaquistão

Está classificado em 28º lugar na “Doing Business 2019” do Banco Mundial. “O Cazaquistão é responsável por 70% do tráfego em trânsito entre China e Europa e em outras direções”, disse o embaixador do Cazaquistão, Kairat Sarzhanov, em entrevista exclusiva a Bacuri Brasil.

Localização do Cazaquistão
O Cazaquistão está localizado na Ásia Central, em local privilegiado para a circulação de mercadorias. Foto: Divulgação.
O embaixador cazaque apresenta o livro do seu primeiro presidente, Nursultan Nazarbayev, que foi a primeira publicação do Cazaquistão traduzida ao português. Foto: Claudia Godoy.

O país foi o último a declarar a independência após a dissolução da antiga União Soviética, em 1991. Desde então, o primeiro presidente do país, Nursultan Nazarbayev, exerceu uma política externa equilibrada e trabalhou para desenvolver a economia.

Nazarbayev deixou o poder este ano cedendo o lugar a Kassym-Jomart Tokayev, que venceu as eleições presidenciais com margem significativa de votos. “Hoje, nosso objetivo é unir os 30 principais países mais desenvolvidos do mundo e estamos trabalhando com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para atingir esse importante objetivo”, informou Sarzhanov.

O primeiro presidente cazaque Nursultan Nazarbayev após a independência da antiga União Soviética. Foto: Divulgação.
O atual presidente cazaque, Kassym-Jomart Tokayev em encontro com o presidente russo Vladimir Putin. Foto: Divulgação.

“O nosso Produto Interno Bruto (o PIB) cresceu 4% até agora, neste ano, em comparação com o mesmo período de 2018”, garantiu o embaixador do Cazaquistão. De janeiro a março, deste ano, o faturamento do comércio exterior atingiu US$ 20,4 bilhões. O volume exportado registrou US$ 13,3 bilhões e as exportações cresceram 19,8%, incluindo petróleo e metais.

Mereceram destaque entre os principais setores da economia cazaque a construção (com aumento de 8,4%), o comércio (elevação de 7,3%), e o transporte (incremento de 4,8%).

O comércio cazaque foi impulsionado pela venda de carros, autopeças, produtos de petróleo e combustíveis. Já a produção industrial aumentou 2,9% , de janeiro a abril deste ano, ainda de acordo com os dados da embaixada do Cazaquistão.

A capital do Cazaquistão, Nursultan, exibe toda a sua modernidade. Foto: embaixada do Cazaquistão.

“A dinâmica de investimentos aumentou 6,7% e superou o crescimento do PIB. Em 1º de abril, as reservas internacionais do Cazaquistão eram de US$ 86 bilhões. A inflação permanece dentro do corredor alvo estabelecido de 4 a 6% para 2019 e 2020. Desde o início do ano, o número é de 1,8% acumulado”, acrescenta Kairat Sarzhanov.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.