Bolsonaro anuncia troca de 15 embaixadores. “Não sou ditador, homofóbico e racista”, diz.

O presidente Jair Bolsonaro disse que irá anunciar já na próxima semana o nome do novo embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Outros 15 diplomatas também serão trocados, inclusive o da França.

Bolsonaro se reúne na próxima semana, dias 18 e 19, com o presidente dos EUA, Donald Trump.

No encontro os dois presidentes devem anunciar acordos bilaterais nas áreas de tributos e de salvaguardas tecnológicas sobre a Base de Alcântara, no Maranhão.

O acordo deve prever a proteção de conteúdo com tecnologia americana utilizado no lançamento de foguetes e mísseis a partir da base. Alcântara é importante porque fica próxima à linha do Equador e, assim, economiza o consumo de combustível em 30%. 

O diplomata Nelson Forster e o advogado Murillo de Aragão são os nomes cotados para assumir o posto nos EUA. Sérgio Amaral é o atual embaixador brasileiro nos Estados Unidos.

Bolsonaro afirmou que se decidiu pelo apoio à Juan Guaidó, que se autointitulou presidente da Venezuela somente após Trump fazer o mesmo.

Ele também disse que está cauteloso a respeito da transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém. Produtores agrícolas, que deram apoio massivo à candidatura de Bolsonaro, são contrários à mudança porque isso provocaria prejuízo nas vendas externas para os árabes.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.