Bolívia possui 60% da reservas mundiais de lítio

A Bolívia possui 60% de todas as reservas mundiais de lítio, um metal volátil e o mais leve da Tabela Periódica, encontrado em abundância no Salar de Uyuni, que possui um mar de água e cloreto de sódio. Segundo o embaixador da Bolívia, José Kinn Franco, a Bolívia se prepara para entrar no mercado do mineral.

A embaixada da Bolívia realizou nesta segunda-feira (05) festa para celebrar a data nacional boliviana. Kinn Franco ressaltou em discurso o diálogo de boa vizinhança, amizade e paz com o Brasil. “Tivemos momentos críticos, mas foram superados”, disse o embaixador boliviano.

O embaixador da Bolívia acompanhado pela embaixatriz, Gilda Ruiz (de vestido azul) e pelo embaixador da Guatemala, Júlio Martini,k e embaixatriz. Foto: Claudia Godoy.

O Salar de Ayuni é a maior planície de sal do planeta, com aproximados 10 mil quilômetros quadrados de deserto branco em meio ao altiplano andino da Bolívia. Também é um dos mais conhecidos pontos turísticos da América do Sul.

O Salar de Ayuni, que possui 60% das reservas de lítio do Planeta. Foto: Divulgação.

Hoje o Chile é o principal produtor mundial. A Argentina, outro produtor, possui indústria em apenas um local de extração e está em terceiro lugar, depois da China.

O lítio é essencial na fabricação de baterias recarregáveis para carros elétricos, notebooks e telefones celulares.

As baterias que têm o material entre os seus componentes têm o triplo de energia e o dobro da potência das baterias tradicionais, feitas de níquel metal.

Além disso, o lítio garante baterias mais leves, cruciais para a fabricação de automóveis elétricos com maior capacidade de armazenamento de energia e autonomia para percorrer longas distâncias.

Kinn Franco acompanhado pela embaixatriz boliviana (de azul) e funcionária durante discurso. Foto: Claudia Godoy.

Kinn Franco parabenizou o governo brasileiro por “ter colocado a amizade histórica entre os dois países em primeiro plano”. Acordos já firmados entre as duas nações nas áreas de gás, eletricidades e o trem de integração oceânico foram destacados pelo embaixador.

Os maiores clientes do lítio são as grandes empresas líderes em produção de baterias recarregáveis. Vêm do Japão, EUA, China e Alemanha.

Os automóveis elétricos, grandes promesas do futuro, como também notebooks, câmeras fotográficas digitais e telefones celulares dependem do lítio para o seu funcionamento.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

2 thoughts on “Bolívia possui 60% da reservas mundiais de lítio

  1. hello there and thanks for your info – I have certainly picked up anything new from proper here. I did then again expertise several technical issues using this site, since I skilled to reload the website many instances previous to I may get it to load properly. I were wondering in case your web hosting is OK? Now not that I am complaining, but sluggish loading cases occasions will sometimes impact your placement in google and could damage your high quality rating if ads and ***********|advertising|advertising|advertising and *********** with Adwords. Anyway I’m including this RSS to my email and can look out for much more of your respective intriguing content. Make sure you replace this again very soon..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.