Após alta de 13%, cai número de voluntários em 2018 no país

O número de brasileiros que praticam trabalho voluntário no país caiu 1,6%, de 2017 para 2018, segundo aponta o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em pesquisa divulgada nesta semana.

Esta é uma ligeira queda, mas se compararmos ao período 2016/2017 representa um retrocesso. Neste período, o número de voluntários havia aumentado 13% no Brasil.

Foto: divulgação.

São 7,2 milhões de brasileiros que representam 4,3% da população com 14 anos ou mais. As mulheres são as que mais se dedicam a esse tipo de trabalho. Pelos dados do IBGE, 5% delas fazem trabalho voluntário no país. As pessoas com 50 anos ou mais também estão entre os que mais ajudam os outros sem receber remuneração. Além disso, 8% das pessoas que fazem trabalho voluntário possuem o curso superior completo.

Foto: Divulgação.

“Pela questão cultural, a presença feminina é maior. Pessoas mais velhas, pelo maior tempo disponível e pela maior experiência de vida, se envolvam mais. E a participação dos mais escolarizados está relacionada a um rendimento mais estável e pelo próprio entendimento da necessidade de ajudar”, resume a analista do IBGE, Maria Lúcia Vieira.

A duração média das atividades voluntárias é de 6,5 horas por semana e a maior parte dos voluntários, 48,4%, se dedicavam quatro ou mais vezes por semana.

A maioria do trabalho voluntário, 79,9%, é feita em congregações religiosas, sindicatos, condomínios, partidos políticos, escolas, hospitais ou asilos.

Cerca de 13% dos voluntários cumpriram atividades em associação de moradores, associação esportiva, ONG, grupo de apoio ou outra organização.

A minoria, 9,8%, realizava o trabalho de forma individual, porém essa parcela vem aumentando ano a ano. Em 2016, eram 8,4% e em 2017 subiu para 9%.

“O trabalho de forma individual é aquele feito diretamente a outra pessoa, como um vizinho que acompanha um idoso a uma consulta médica ou uma pessoa que distribui alimentos a necessitados do bairro. Lembrando que o voluntário pode realizar trabalhos em mais de um local, que também é captado pela pesquisa”, ressalta Maria Lúcia.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.