A Bolívia pluricultural por uma embaixatriz

“Somos muito diversos e possuímos a cultura de diferentes povos”, disse a embaixatriz da Bolívia, Gilda Ruiz Aguirre, ao destacar que a Bolívia possui diferentes estações climáticas com música e dança típicas de cada região.

A embaixatriz boliviana experimenta uma roupa típica de seu país. Foto: Claudia Godoy.

A embaixatriz citou as Missões Jesuíticas, na região de Santa Cruz, o Carnaval de Oruro, no Oriente boliviano, e vales com produção de uvas para vinhos de altura. “Com danças incríveis e lindas que representam bem o nosso pais”, disse.

As Missões Jesuíticas de Chiquitos estão localizadas em Santa Cruz e foram designadas coletivamente como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1990.

Gilda Ruiz mostra uma capa típica do Carnaval de Oruro, de seu país. Foto: Claudia Godoy.

Caracterizadas pela sua fusão única entre as influências da Cultura europeia e da Cultura dos povos ameríndios, as missões foram fundadas como reduções jesuíticas nos séculos 17 e 18, com o objetivo de converter os indígenas locais ao Cristianismo.

Ela apresentou vestimentas como capas, chapéus e xales de diferentes regiões bolivianas. Além disso, Gilda Ruiz mostrou o artesanato de madeira, de barro e comida, como a quinua real. “Nosso orgulho”, disse.

Author: Claudia Godoy

Jornalista e fotógrafa, atuei na cobertura de imprensa nos Ministérios da Fazenda, Agricultura, Planejamento, Indústria e Comércio, Relações Exteriores, Saúde, Educação, além de Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Banco Central. Também repórter e produtora de rádio e tv.

22 thoughts on “A Bolívia pluricultural por uma embaixatriz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.