terça-feira, 23 julho, 2024
21.5 C
Brasília

EUA promove educação ambiental na Ilha de Marajó

Por Embaixada dos Estados Unidos

No dia 08 de junho, a Escola Pedro Nogueira de São Sebastião da Boa Vista, Pará, celebrou a culminância do projeto Guardians of Marajó. A iniciativa, que teve como objetivo a promoção de educação ambiental e divulgação científica sobre a biodiversidade do Marajó, foi financiada pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos, Museu Paraense Emílio Goeldi, Prefeitura Municipal e em parceria com a Casa Thomas Jefferson. A idealização e coordenação do projeto foi do prof. Melquisedeque Campos, participante do programa de língua inglesa Access Amazon 2023, oferecido pelo Escritório Regional de Língua Inglesa da Embaixada dos EUA.

Durante o projeto, foram realizadas palestras e exposições sobre a diversidade de insetos da Amazônia e outros temas relacionados à Ciência. Todas as atividades foram ministradas por alunos de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado, vinculados à Universidade Federal do Pará e ao Museu Goeldi, coordenadas pelo prof. Melquisedeque. 📸EUA

Durante o projeto, foram realizadas palestras e exposições sobre a diversidade de insetos da Amazônia e outros temas relacionados à Ciência. Todas as atividades foram ministradas por alunos de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado, vinculados à Universidade Federal do Pará e ao Museu Goeldi, coordenadas pelo prof. Melquisedeque.

“Essa iniciativa é muito especial para mim, pois representa a concretização de um sonho e o retorno às minhas raízes. Como filho de pescadores de São Sebastião da Boa Vista e formado pela educação pública do Brasil, tenho o privilégio de apresentar à minha comunidade o que desenvolvi junto a colegas pesquisadores. Nosso objetivo com o Guardians of Marajó é incentivar novos alunos a acreditarem na educação e na ciência, mostrando que eles podem transformar realidades e preservar nossa biodiversidade,” destacou o prof. Melquisedeque Campos.

O evento contou com a presença do dr. Orlando Silveira do Museu Goeldi, dra. Sherlem Felizardo e Mariah Borges do ICMBio – Breves, do prof. Jeferson Patrick Secretário de Educação do Município e da adida Adjunta de Imprensa Lisa Venbrux, acompanhada da coordenadora do Programa Access, Juliana Ribeiro, ambas da Embaixada dos EUA.

“O projeto Guardians of Marajó demonstra o importante trabalho que os jovens da Amazônia estão fazendo para entender e proteger seu lar – um ecossistema vital não apenas para eles, mas para o mundo”, afirmou Lisa Venbrux. “Esperamos que esses futuros líderes se sintam preparados e capacitados para enfrentar seus desafios, propor soluções e alcançar suas aspirações.”

Para fotos do evento, acesse: https://www.flickr.com/photos/embaixadaeua-brasil/albums/72177720317814202/

spot_img
spot_img