domingo, 3 março, 2024
21.5 C
Brasília

Embaixadora da Eslovênia conhece a produção de priprioca

OUTROS DESTAQUES

Por Claudia Godoy

A priprioca que a gente vê nos cremes da Natura é daqui, município do interior do Pará, na microrregião de São Félix do Xingu, distante cerca de 882 km da capital paraense.

Com raízes que liberam uma fragrância leve, amadeirada e picante com notas florais, a planta serve também na gastronomia,fornecendo aroma às sobremesas de restaurantes estrelados. Dela, pode-se extrair um álcool ou um óleo.

A embaixadora Mateja Kracun, da Eslovênia, visitou a região na última semana para dar apoio à produção de mel orgânico de abelhas sem ferrão.

 

spot_img
spot_img